TIRE SUAS DÚVIDAS. Ligue para gente: (21)2226-5113
Portal IBKL

Blog

Acreditação Hospitalar - Tudo o que você precisa saber

O foco de qualquer área da saúde está, é claro, no paciente. O cuidado e a atenção a quem precisa de qualquer tipo de atendimento médico vem em primeiro lugar e isso é indiscutível. Porém, nem todas as instituições de saúde atualmente contam com um bom atendimento e com processos seguros. Por outro lado, muitos hospitais, clínicas e outros centros de prestação de serviços de saúde se empenham dia e noite para levar aos pacientes o melhor tipo de atendimento possível. Então, para que possam atestar a qualidade na prestação de seus serviços, buscam a Acreditação Hospitalar

Para falar sobre o assunto, reunimos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre a Acreditação Hospitalar – desde a explicação sobre as organizações acreditadoras até as etapas para consegui-la. Veja a seguir:

O que é a Acreditação Hospitalar?

A Acreditação Hospitalar é um processo de revisão que permite que as organizações de saúde demonstrem sua capacidade de atender aos requisitos e padrões regulamentados estabelecidos por uma organização de acreditação reconhecida,  demonstrando a qualidade dos serviços e da estrutura hospitalar. 

Esse processo acaba forçando a organização de saúde a se manter atualizada e, consequentemente, mais preparada para conseguir alcançar excelentes resultados. Para isso, é fundamental possuir um programa estruturado de educação permanente de seus profissionais.

Como conseguir um certificado de Acreditação Hospitalar?

Nesse artigo do blog nós falamos sobre como a Acreditação Hospitalar é considerada o ISO 9000 dos hospitais e como consegui-la. Para obter a acreditação é preciso responder positivamente a diversos critérios técnicos, que envolvem diferentes setores e procedimentos internos de um hospital. Entre esses pontos, destacamos:

  • Processos internos;
  • Educação profissional;
  • Higiene;
  • Atendimento;
  • Equipamentos;
  • Fluxo de comunicação dentro das instituições;
  • Capacitação de equipe disciplinar e profissional;
  • Armazenamento adequado de suprimentos e medicamentos;
  • Entre outros.

 

A Acreditação Hospitalar é um certificado de excelência voluntário

A conquista da certificação é um processo ativo, ou seja, é a instituição que procura um órgão de acreditação e se candidata a ser certificada. A partir daí, a certificadora cria uma comissão técnica para visitar a instituição e iniciar o procedimento de checagem da qualidade dos serviços. 

A auditoria é feita por profissionais que conhecem em profundidade os processos dos serviços de saúde, sendo de fato um atestado de bom atendimento. Dessa forma, as instituições credenciadas se posicionam num patamar diferenciado das demais. No Brasil, são cerca de 400 hospitais acreditados, dos quase 7 mil existentes no mercado.

Empresas credenciadoras

Apenas Instituições Acreditadoras Credenciadas – IACs –  podem realizar avaliações pela metodologia do Sistema Brasileiro de Acreditação – ONA. Então, para conseguir a acreditação, o hospital deve procurar uma IAC para realizar o processo. 

As principais acreditadoras são a ONA (brasileira), a Accreditation Canada  (canadense) e a Joint Comission International (americana). Veja mais sobre elas:

ONA (Nacional)

A Acreditação ONA é a única no país com certificações em diferentes níveis, o que permite avaliar a melhoria contínua na gestão e nos processos das organizações de saúde.

A instituição pode ser Acreditada ONA em três níveis:

  • Nível 1 – Acreditado

A organização de saúde cumpre ou supera, em 70% ou mais, os padrões de qualidade e segurança definidos pela ONA. São avaliadas todas as áreas de atividades da instituição, incluindo aspectos estruturais e assistenciais. Certificado válido por dois anos.

  • Nível 2 – Acreditado Pleno

A organização precisa atender a dois critérios:

1) cumprir ou superar, em 80% ou mais, os padrões de qualidade e segurança;

2) cumprir ou superar, em 70% ou mais, os padrões ONA de gestão integrada, com processos ocorrendo de maneira fluida e  plena comunicação entre as atividades.

Certificado válido por dois anos.

  • Nível 3 – Acreditado com Excelência

A organização precisa atender a três critérios:

1) cumprir ou superar, em 90% ou mais, os padrões de qualidade e segurança;

2) cumprir ou superar, em 80% ou mais, os padrões de gestão integrada;

3) cumprir ou superar, em 70% ou mais, os padrões ONA de Excelência em Gestão, demonstrando uma cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional.

Certificado válido por três anos. Estas informações sobre os níveis estão disponíveis no site da ONAacesso em: 09/09/2020.

 Accreditation Canada (Canadá)

A Accreditation Canada está há 60 anos no mercado e oferece vários programas de avaliação de alto impacto para organizações de saúde e serviços sociais, desenvolvidos pela HSO (Organização de Padrões de Saúde) e personalizados para as necessidades locais. A Accreditation Canada trabalha com mais de 900 avaliadores especialistas com ampla experiência em serviços sociais e de saúde e treinados no programa de avaliação contínua.

Joint Comission International (EUA)

A Joint Comission International é uma acreditação americana e, para manter as melhores práticas, recorre ao seu Painel Consultivo de Padrões, composto por médicos, enfermeiras, administradores e especialistas em políticas públicas experientes. O painel orienta o processo de desenvolvimento e revisão dos padrões de acreditação da JCI. Os membros do painel são de cinco grandes regiões do mundo: América Latina e Caribe, Ásia e Orla do Pacífico, Oriente Médio, Europa e Estados Unidos. As recomendações do painel são refinadas com base em uma análise internacional de campo dos padrões e contribuições de especialistas regionais.

Treinamento Permanente é a chave do sucesso na acreditação

O processo e a conquista da acreditação é um sinal de que o hospital conseguiu reduzir seus custos, aumentar sua qualidade e fortalecer sua marca. Ela certifica todo o processo.

É importante ressaltar que para obter e conservar a acreditação, o mais imprescindível é criar e manter um programa de educação permanente, com objetivos claros e de forma contínua. Como trata-se de uma auditoria feita por técnicos e pessoal gabaritado na atividade médica, é fundamental que os profissionais da instituição se mostrem à altura e preparados para serem avaliados periodicamente. Por isso, não adianta ter uma melhora pontual para garantir a acreditação e perder num momento seguinte.

O IBKL possui  metodologia e ferramentas necessárias para manter um treinamento contínuo de todos os profissionais da cadeia de um hospital ou instituição assistencial, desde área de atendentes, enfermeiros, médicos, gestores, farmácia e demais categorias do processo de funcionamento de um hospital.

Cristiano Glória, sócio do IBKL, ressalta que mais importante ainda do que conseguir a acreditação é não perdê-la:

“Perder a acreditação já conquistada é um péssimo sinal para o mercado, clientes e fornecedores. É um sinalizador de que a qualidade da instituição está em queda, que seu serviço está piorando. É pior do que ainda não ter sido acreditado,  porque quem está buscando a acreditação está melhorando, mas quem perde está em curva descendente”.

Diferença entre Certificação e Acreditação Hospitalar

Acreditação não é igual a Certificação, embora elas sejam usadas da mesma forma algumas vezes. Veja as diferenças:

  • Certificação Hospitalar: quando uma instituição conquistou uma Certificação Hospitalar, significa que ela passou por uma auditoria que atesta, por escrito, que seus processos, sistemas de qualidade e produtos estão em conformidade com os requisitos escolhidos pelo estabelecimento, ou seja, é ele que decide quais processos serão avaliados e quais ficarão de fora.
  • Acreditação Hospitalar: quando acontece o envolvimento de comunidades técnica, científica e/ou clínica para contribuir também para a melhoria na gestão das instituições. Logo, ela é “examinada” como um todo.

Etapas para conseguir a Acreditação Hospitalar

Nesse outro artigo do nosso blog também destacamos as etapas para que se consiga a Acreditação Hospitalar. 

Veja aqui as principais etapas:

  • Atender aos requisitos básicos da Acreditação Hospitalar

Para ser elegível ao processo de acreditação, é necessário que a instituição cumpra alguns pré-requisitos, como: enquadrar-se na definição de organização prestadora de serviços de saúde, estar legalmente constituída há pelo menos um ano, possuir alvará de funcionamento, apresentar licença sanitária e dispor de todas as licenças pertinentes à natureza da atividade.

  • Organizar as lideranças do processo

É muito importante alinhar toda a equipe para o processo de acreditação, já que a avaliação é feita de forma profunda em todos os processos e aspectos, e necessita de um empenho geral para que se alcancem os resultados esperados. A administração do hospital precisa estar ciente de que, eventualmente, precisará disponibilizar pessoas e verbas para coordenar o processo de implantação, reformar a estrutura física para se adequar melhor às normas, etc.

O responsável pelo processo de acreditação pode ser um membro capacitado da equipe ou um consultor externo, mas é fundamental que exista alguém para coordenar cada etapa da acreditação hospitalar. Ele deverá ter um canal aberto com a direção da instituição para garantir a transparência e agilidade do processo. Além desse responsável, também  é conveniente que se crie internamente um comitê  auxiliar para a acreditação, com membros-chave de diversas áreas: técnica, assistencial, gestão.

  • Capacitar e envolver toda a equipe

A instituição que entra em um processo de  implantação da acreditação hospitalar precisa que os membros do seu time, especialmente as figuras de liderança, tenham o domínio de conhecimentos, ferramentas e técnicas específicas. Para isso, é fundamental que a equipe seja treinada como um todo em práticas de gerenciamento de risco, liderança, estratégia e procedimentos diversos. Todos devem compreender a acreditação hospitalar e saber dos benefícios, da importância e da aplicação no dia a dia.

  • Alinhar os objetivos com fornecedores e parceiros

Alguns requisitos para conseguir a acreditação hospitalar dependem de mudanças nos processos de fornecedores e parceiros da instituição. Há casos em que podem ser necessárias mudanças no sistema de informação do hospital responsável pelo gerenciamento de processos de gestão, assistenciais e técnicos. Fornecedores de insumos também podem precisar comprovar a qualidade na entrada de materiais e equipamentos no hospital. Se outros processos internos como diagnóstico laboratorial, alimentação e processamento de roupas,  forem terceirizados, também será necessário um diálogo com todos esses parceiros para atender às demandas da acreditação.

Como você pode ver, é importante investir em capacitação para a equipe e garantir que os parceiros e fornecedores estejam preparados para ajudar a instituição durante todo o processo. O IBKL está preparado para fornecer todo o suporte educacional que sua instituição precisa para alcançar a acreditação. Entre em contato conosco e saiba mais!

FONTES: https://www.ona.org.br/

https://www.jointcommissioninternational.org/

https://accreditation.ca/