TIRE SUAS DÚVIDAS. Ligue para gente: (21)2226-5113
Portal IBKL

Blog

Educação como ferramenta: entenda como capacitar os profissionais da saúde é essencial hoje

O Brasil, nesta pandemia pelo Covid-19, foi o país com maior número de profissionais de enfermagem contaminados pelo coronavírus. Várias são as causas para isso, mas entre elas, sem dúvida, está a ausência de programas de treinamento e capacitação das instituições prestadores de serviços de saúde para os seus colaboradores.

Todos os profissionais de saúde precisam treinar exaustivamente na “paz” para estarem bem preparados na “guerra”.

Vislumbrando além dos aspectos clínicos do combate ao coronavírus, também é possível evidenciar situações no cenário ético do tratamento destes pacientes, como: tomar a melhor decisão sobre o tratamento mais adequado, gerenciar os problemas relacionados à comunicação com familiares, trabalhar em equipe com uma voz de comando única, mas compartilhando e ouvindo todas as alternativas, que façam mais segura a ação tomada para o paciente e para os profissionais envolvidos. Essas são só algumas das questões conflituosas que permeiam os cenários de atendimento em  unidades assistenciais, qualquer que seja o tamanho e a complexidade.

Muito mais que uma boa prática, treinar e capacitar  de forma eficiente os profissionais de saúde, seja do ponto de vista técnico ou comportamental, urge em nosso fragilizado sistema de saúde. Mudar as práticas assistenciais para que melhorem a qualidade do atendimento e reduzam os custos para se evitar desperdício, é um desafio enorme que necessita de ações imediatas.

Diante do atual cenário de pandemia no qual não é possível disponibilizar treinamentos práticos e presenciais, surge a necessidade de oferecermos alternativas educacionais significativas e realmente transformadoras na vida do aluno.

Esta é a razão para o IBKL desenvolver um modelo de ensino híbrido, valorizando os métodos ativos de ensino, fundamentais para a retenção do aprendizado.  Afinal, medicina se aprende fazendo e praticando e os modelos digitais complementam de forma eficiente o tão necessário treinamento técnico e comportamental.