TIRE SUAS DÚVIDAS. Ligue para gente: (21)2226-5113
Portal IBKL

Blog

Novo normal: cuidados na retomada das atividades econômicas

Desde quando foi decretada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) a pandemia do novo coronavírus, em meados de março, o cenário das atividades econômicas mudou drasticamente – e a forma de interagir com as pessoas também.

Essa mudança abriu um espaço para o conceito de “novo normal”, uma expressão cada dia mais presente em discussões relativas a diversas áreas da sociedade, expressando a busca do ser humano pela normalidade e as formas de encarar da melhor maneira possível esse novo contexto.

Muitas instituições de saúde já foram impactadas por novas formas de proceder nesse cenário, como, por exemplo, educação e atualização médica online, inteligência artificial no atendimento e estruturas mais descentralizadas e compartilhadas. No entanto, o setor da saúde não é o único que deve ter como prioridade a segurança e a preservação da saúde pública.

E um dos maiores aprendizados em todos os setores que buscam se adequar a esse novo conceito de normalidade é sobre a importância do equilíbrio entre saúde pública e estabilidade econômica.

Por isso, quando falamos na retomada de atividades econômicas, algumas medidas de segurança devem ser implementadas à rotina:  necessitamos de uma nova infraestrutura com divisórias entre mesas, barreiras de proteção que separem funcionários e clientes, redesenho do fluxo de trabalho nas fábricas, etc.

Novas política e procedimentos

Também é necessária a adoção de novas políticas e procedimentos, como verificações de temperatura, alternância de horários de trabalho e limpeza frequente e, sobretudo, mudanças no nosso comportamento, como o  comprometimento de maiores cuidados com a higiene pessoal – lavar as mãos com frequência, usar máscaras e principalmente permanecer em casa em caso de apresentar sintomas.

Em suma, é importante compreender que o conceito de novo normal não será o mesmo adotado em todos os locais de trabalho, mas que todos os locais de trabalho precisarão adotar um novo normal, como aponta este vídeo do Michigan Public Health:

E você, já sabe qual é o seu novo normal?