TIRE SUAS DÚVIDAS. Ligue para gente: (21)2226-5113
Portal IBKL

Blog

Quais são os sintomas do câncer de mama?

Resultado de uma multiplicação incontrolável de células anormais que surgem a partir de alterações genéticas, na maioria dos casos, o câncer da mama no estágio inicial  é assintomático, ou seja, você não percebe nenhum sintoma ou sinal. Este tipo de câncer é normalmente descoberto em exames como: mamografia, ultrassom ou ressonância magnética. Veja aqui quais são os sintomas do câncer de mama.

Existem vários tipos de câncer de mama e os tumores podem ser diagnosticados em diferentes casos. O autoexame é uma das formas que as mulheres têm para descobrir alguma alteração nas mamas. A melhor época do mês para avaliar as próprias mamas, procurando alterações é alguns dias após a menstruação, quando as mamas estão menos inchadas. Para as mulheres que já estão na menopausa, o autoexame pode ser feito em qualquer época do mês.

Ainda assim, o autoexame não substitui o exame realizado pelo médico. Nesse sentido, a mamografia é mais eficaz por detectar nódulos ainda muito pequenos, não perceptíveis pelo toque.

 Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:

  • Caroço (nódulo) fixo, geralmente indolor.
  • Pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja.
  • Surgimento de alterações no bico do peito (mamilo).
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos.
  • Pequenos nódulos também podem aparecer no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).
  • Nos casos mais adiantados, pode aparecer uma ulceração na pele com odor desagradável.

É importante que as mulheres, independentemente da idade, conheçam seu corpo para saber o que não é normal em suas mamas. Ao identificarem alterações suspeitas, devem procurar imediatamente um serviço de saúde para avaliação profissional. 

Diagnóstico Precoce

A realização anual da mamografia para mulheres a partir dos 40 anos é muito importante para que a doença seja diagnosticada o quanto antes, o que pode ajudar muito no tratamento e aumentar as chances de cura. 

De acordo com a  FEMAMA (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), as mulheres com histórico de câncer na família devem iniciar a realização do exame 10 anos antes da idade que a parente tinha ao detectar o tumor.

Antes dessa idade, as mulheres devem solicitar ao ginecologista ou ao mastologista a realização do exame clínico das mamas, que é um exame de toque e fazer exames complementares caso o médico os solicite. Um exemplo é o ultrassom, normalmente aplicado em mulheres mais jovens por terem as mamas mais densas.

 Fonte: Ministério da Saúde, Oncoguia e FEMAMA.