TIRE SUAS DÚVIDAS. Ligue para gente: (21)2226-5113
Portal IBKL

Blog

Vantagens da Simulação Realística na Enfermagem

Os benefícios da Simulação Realística na área da saúde são imensos e nós já falamos sobre eles inúmeras vezes aqui. Porém, um estudo recente mostrou que a Simulação Realística na Enfermagem tem um papel essencial para a eficiência desses profissionais. 

Sabemos que o engajamento e a retenção do conhecimento se destacam entre os benefícios desta técnica, já que ela envolve dinâmicas e discussões pró-ativas entre alunos e professores que aumentam mais o engajamento profissional que simplesmente assistir a uma palestra ou a ouvir sobre um caso clínico, por exemplo. 

Mas o que os alunos pensam sobre isso? Veja a seguir um panorama geral da pesquisa sobre o tema publicada recentemente no Journal of Nursing Research.

Objetivo 

O objetivo do estudo foi examinar a eficácia da aprendizagem com Simulação Realística, seus fatores de influência e a experiência de estudantes de enfermagem.

Métodos 

Quinhentos e trinta e três estudantes de enfermagem do terceiro ano de Enfermagem passaram por um projeto com aulas, entrevistas e testes com Simulação Realística.

Comentários gerais sobre a experiência de Simulação Realística na Enfermagem

Mais de 70% dos participantes relataram alto nível de satisfação e sentimentos positivos em relação ao aprendizado, com frases como “bom, muito bom”; “Interessante, vívido, prático, engraçado”; “Ajudou a vincular a teoria à prática”; e “ aprendizagem ativa” foram frequentemente expressas.

Habilidades

O feedback positivo após a Simulação Realística sobre as habilidades clínicas e resolução de problemas dos participantes também foi notado no estudo. Verificou-se que ela melhora as habilidades de cuidados clínicos de enfermagem, pois os entrevistados expressaram que a simulação aprimorou suas habilidades em observação e análise, comunicação, enfrentamento, trabalho em equipe e pensamento crítico.

Destaque para o Debriefing 

O Debriefing foi a fase da Simulação Realística em Enfermagem que obteve a pontuação média mais alta para a eficácia. A maioria (80%) dos entrevistados considerou o debriefing frutífero e valioso. Os alunos expressaram que essa fase lhes permitiu perceber seus pontos fortes e fracos de aprendizagem e construir um “corpo de conhecimento permanente e vívido”. 

Além disso, o debriefing permitiu que eles pensassem ativamente nos problemas clínicos. Metade dos entrevistados informou que a duração do debriefing poderia ser maior para promover uma discussão mais aprofundada do conteúdo.

Confiança

Os entrevistados relataram que observar e realizar a prática em cenários simulados, receber feedback e conduzir discussões em um ambiente de apoio, permitiu que os alunos criassem confiança para enfrentar desafios clínicos futuros e realizar cuidados ao paciente. Alguns também notaram que sua insegurança e preocupação haviam diminuído.

Veja a pesquisa na íntegra aqui e, caso queira saber um pouco mais sobre a Simulação Realística na Enfermagem e seus benefícios, entre em contato conosco!